• Imagem de cabeçalho do colegiado de educação física

Pesquisa e extensão

PROJETOS/PROGRAMAS/GRUPOS DE PESQUISA E EXTENSÃO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

O curso de Licenciatura em Educação Física concentra suas ações no tripé ensino-pesquisa-extensão, por acreditar que a formação profissional perpassa pela articulação desses três pilares acadêmicos. Por isso, não somente estimula e apoia, como desenvolve atividades extensionistas e de pesquisas vinculadas aos grupos de Pesquisa e Extensão.

Atualmente, conta com Projetos/Programas/Grupos de Pesquisa e extensão em funcionamento, que seguem descritos abaixo:

Projeto Basquete Adaptado da Universidade Estadual de Feira de Santana: equipe Roda Viva - Resolução CONSEPE/UEFS Nº 026/2010 (ANEXO AA)

Coordenação: Admilson Santos

É um projeto de extensão universitária, com ênfase na inclusão social, que visa aprofundar ações políticas que fortalecem a institucionalização da extensão no âmbito da UEFS. O projeto tem como finalidade ações prioritárias de basquetebol em cadeira de rodas; ações processuais contínuas de caráter educativo, social, cultural, científico e tecnológico, que visam à ampliação e consolidação da equipe de basquetebol em cadeira de rodas da UEFS. Os participantes do time Roda Viva são membros da comunidade (cerca de 30 pessoas), quase todos do sexo masculino, e com faixa etária entre 14 e 53 anos.

 

Programa Técnico-Pedagógico em Ginástica Rítmica (Estrela Menina) - Resolução CONSEPE/UEFS Nº 050/2008 (Anexo AB)

Coordenação: Silvia Regina Seixas Sacramento


É um programa de extensão que tem ação permanente e se propõe a oferecer apoio técnico-pedagógico a profissionais de Educação Física e áreas afins, de Feira de Santana e Região, e a estudantes da UEFS que desejem trabalhar com a modalidade Ginástica Rítmica. Além disso, são oferecidas aulas desta modalidade esportiva para crianças e adolescentes, através do Projeto Estrela Menina (PEM), que conta atualmente com duas turmas, cujas aulas acontecem no Ginásio Municipal Oyama Pinto, e mais duas turmas no Centro de Cultura Amélio Amorim, atendendo em torno de 20 crianças em cada.

 

Programa Encaminhar: Ação Cidadã (PEAC) - Resolução CONSEPE/UEFS Nº 072/2012 (Anexo AC)

Coordenação: Jaderson Silva Barbosa, Celestino Amorim Amoedo e Cláudio Lucena de Souza


É uma ação interdisciplinar e transdisciplinar que envolve, em seu projeto piloto: Escolas de Formação Esportiva, que atendem inicialmente a 120 crianças e adolescentes moradores de bairros circunvizinhos à UEFS e que estejam matriculados em escolas da rede pública estadual e municipal do ensino básico; e um Projeto de Formação de Professores, que busca contribuir na capacitação de profissionais e estudantes voluntários e bolsistas que atuem nas áreas de Educação Física, Esporte e Lazer.

 

Oficinas de Práticas Corporais na Universidade Aberta à Terceira Idade (UATI) – Resolução CONSEPE/UEFS Nº 13/1992 (Anexo AD)

Coordenação: Amanda Leite Novaes, Suzana Alves Nogueira Souza e Luiz Alberto Bastos de Almeida


A Universidade Aberta à Terceira Idade (UATI) tem como principais objetivos estimular a promoção da saúde, a socialização dos saberes, a prática de esportes, o exercício consciente da cidadania, as relações sociais, o lazer, a arte, a cultura, a inclusão digital, a reinserção no setor produtivo, a reintegração sócio comunitária, o fortalecimento dos vínculos familiares, o equilíbrio psicossomático, a preparação para a Terceira Idade e a educação permanente.

Dessa forma, o programa assume o compromisso de assegurar a existência de espaços multiplicadores, com ações interativas, educativas e qualificadas, que privilegiem o indivíduo no seu processo de envelhecer com dignidade, contribuindo para melhorar a qualidade de vida dos idosos residentes em Feira de Santana e microrregião. Atualmente, a mais de 900 pessoas, oferecendo múltiplas atividades, através de uma série de oficinas e cursos de curta duração.

Conta com as seguintes oficinas no âmbito das práticas corporais: Hidroginástica; Treinamento de Força; Alongamento e Flexibilidade; pluralidade cultural da dança, jogos e recreação, Ginástica com Música. Tais oficinas são ministradas por Licenciados em Educação Física, egressos da UEFS, e estudantes bolsistas do Curso, além de contar com o apoio e participação de professores do curso em orientações de bolsistas e voluntários, bem como no desenvolvimento de palestras, práticas corporais e parceria em eventos.

 

Projeto Movimenta UEFS: Promoção do estilo de vida fisicamente ativo na universidade - Resolução CONSEPE/UEFS Nº 115/2011 (Anexo AE)

Coordenação: Luiz Alberto Bastos de Almeida e Gilmar Mercês de Jesus


Projeto de extensão que trata do fomento e supervisão da prática de atividades físicas e exercícios físicos regulares na comunidade acadêmica (Professores, Funcionários e Estudantes Bolsistas), bem como da difusão do conhecimento científico que relaciona a prática de atividades físicas e exercícios físicos regulares com os benefícios à saúde, pela prevenção de males decorrentes do estilo de vida sedentário. Este projeto tem como objetivo promover um espaço para a prática de atividades físicas e exercícios físicos regulares para a comunidade acadêmica, associado a ações educativas relativas à promoção da saúde.

A intervenção é realizada no Campus Universitário, com destaque para as ações desenvolvidas no Laboratório de Atividade Física e no Parque Esportivo da UEFS, onde o grupo de trabalho desenvolve ações, tais como: avaliação de condições de saúde relativas à prática de exercícios físicos, avaliação da aptidão física, e a prescrição e acompanhamento do treinamento resistido, de endurance(caminhada e corrida), de hidroginástica e ginástica. Além disso, através de campanhas de educação em saúde, são difundidas na comunidade universitária informações sobre os benefícios da prática regular de exercícios físicos para a promoção da saúde.

 

Grupo de Estudos, Pesquisa e Extensão Artes do Corpo (ARTES DO CORPO: MEMÓRIA, IMAGEM E IMAGINÁRIO)

Coordenação: Luís Vítor de Castro Júnior


Registrado em 2008

Endereço: dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/2352280805017500

O Artes do Corpo tem como proposta desenvolver ações integradas de pesquisa e extensão na área de conhecimento da Educação Física, levando em consideração os campos de investigações da história, da cultura, da arte, da imagem e da memória. Portanto, incentiva estudos relacionados à temática do corpo, a partir de diferentes manifestações artísticas e culturais, cujas abordagens teórico-metodológicas encontram-se no campo da memória, da imagem, da pesquisa etnográfica e da história oral.

O Artes do Corpo reconhece o corpo como processador de virtualidades e de significados infindáveis, oferecendo, portanto, inesgotáveis fontes de registro, uma vez que é verdadeiro arquivo dos mais belos traços da memória.

 

Grupo de Estudos e Pesquisa em Pedagogia do Esporte e Educação Física Escolar

Coordenação: Jaderson Silva Barbosa e Fábio Santana Nunes

Registrado em 2014

Endereço: dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/5713048414742330

O Grupo de Estudos e Pesquisa em Pedagogia do Esporte e Educação Física Escolar tem como ementa o estudo do esporte numa perspectiva social, histórica, cultural e pedagógica. Seus objetivos estão concentrados na formação de estudiosos e pesquisadores da pedagogia dos esportes coletivos e individuais, bem como a produção e divulgação de conhecimentos nesta área. Suas intervenções teóricas e vivenciais giram em torno das temáticas: O esporte e pedagogia. Procedimentos metodológicos para o ensino/treinamento da técnica/táticas/estratégias.

Dedica-se à formação e atuação profissional em Educação Física para atuação na Educação Básica. E ao diagnóstico e acompanhamento das Políticas Públicas de inserção curricular, manutenção e qualificação da Educação Física Escolar nos municípios baianos, além de investigar a formação e atuação profissional no lazer, como também, discutir e analisar políticas de lazer de ordem nacional, estadual, territorial e municipal.

 

Grupo Firmina- Pós Colonialidade: História, Educação, Cultura e Ações Afirmativas

Coordenação: Ivanilde Guedes de Mattos


Registrado em 2007

Endereço: dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/8575127678739379

O Grupo FIRMINA - POS-COLONIALIDADE nasce a partir de ações de pesquisa, estudos e atividades de formação de professores desenvolvidas por um Grupo de Estudos vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Educação e Contemporaneidade da Universidade do Estado da Bahia- UNEB. Essas ações relacionam-se aos conteúdos determinados pela Lei Federal 10639-03, qual seja, a obrigatoriedade de inclusão de História da África e Cultura Afro-Brasileira nas escolas da Educação Básica. Consolidada essas atividades iniciais, o Grupo passou a desenvolver atividades de pesquisas mais sistemáticas se especializando no tema das Ações Afirmativas, sobretudo no que diz respeito ao acesso, desempenho e permanência de estudantes negros no ensino superior.

Em complemento, o Grupo tem se empenhado em pesquisas e reflexões que garantem o aprofundamento sobre o conhecimento das experiências históricas das populações negras brasileiras, em especial, nos aspectos específicos negligenciados pela historiografia oficial. Do ponto de vista teórico-metodológico o Grupo toma como referência fundamental as concepções nomeadas como Estudos Pós-Coloniais. Nesse sentido defendem uma postura revisionista, de modo a incluir os subalternos, mais especificamente, as populações negras, no cenário da história, não como objetos de estudos, mas como sujeitos, concebendo a negritude como retomada da dignidade negada pelo colonialismo, de modo a propor a descolonização do pensamento no sentido de uma perspectiva própria de vida, conhecimento e experiência.

Tendo firmado parceria com a Universidade Estadual de Feira de Santana, espera-se, com as atividades e produções deste Grupo de Pesquisa, contribuir para a ampliação do conhecimento sobre a dinâmica das relações e hierarquias étnico-raciais brasileiras. Busca-se ainda, com a produção desses novos conhecimentos, desenvolver metodologias pedagógicas inovadoras e subsídios para a produção de material didático, voltados para a formação de professores que atuam na educação básica.

Vale destacar que desde março de 2016 o Grupo Firmina fez parceria com oNúcleo de Estudos de Desigualdades em Saúde (NUDES), o qual desenvolve atividades de ações afirmativas, pesquisa sobre Juventude Negra, Cultura, Educação, Corpo e Educação Física, vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Saúde e faz parte do projeto de pesquisa: “Representações sobre o corpo e a doença falciforme: repercussões sobre a vida cotidiana, o cuidado e a sexualidade”, que contará com os recursos financeiros do CNPq obtidos através do Edital Universal 2014, aprovado pelo Comitê de ética em pesquisa da Universidade Estadual de Feira de Santana através do parecer número 1.440.239, CAAE: 49493315.3.1001.0053.

 

Linha de Estudos e Pesquisa em Educação Física, Esporte e Lazer (LEPEL/UEFS)

Coordenação: Wellington Araújo Silva e Edson do Espírito Santo Filho


Registrado em 2005

Endereço: dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/4731364307309442

A Linha de Estudos e Pesquisa em Educação Física, Esporte e Lazer (LEPEL-UEFS) é um grupo de pesquisa que funciona em rede, tendo como centro a LEPEL-UFBA e, como convênios, Universidades do Nordeste (UFPE, UFPB, UFS), Universidades das demais regiões (UNICAMP, UEM), bem como convênios em CUBA e Alemanha. Tem a proposta de pesquisar (pesquisa matricial) questões sobre políticas públicas, formação de professores, pratica pedagógica e produção do conhecimento no campo da Educação Física. Dois são os pressupostos que unificam a rede: a teoria Marxista e o projeto de sociedade (Socialista/Comunista).

 

Núcleo de Educação Física e Esportes Adaptados (NEFEA)

Coordenação: Admilson Santos, João Danilo Batista de Oliveira e Suzana Alves Nogueira Souza


Registrado em 2000

Endereço: dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/9725489138589833

Criado a partir das Atividades Esportivas e de Lazer buscando integrar as ações de ensino, pesquisa e extensão oferecidas através da disciplina Educação Física Adaptada no campus da UEFS, às diversas Pessoas com Deficiência e referendado pela aceitação da Comunidade, além da Portaria Nº 1.422/2000 do Conselho Universitário, o Núcleo de Educação Física e Esportes Adaptados - NEFEA trabalha na dimensão macro de proporcionar possibilidades de expressão do corpo no espaço, sendo um meio de evitar a mecanização, que conduz o corpo como objeto ocupando determinado espaço sem possuir mobilidade.

O Núcleo de Educação Física e Esporte Adaptado (NEFEA) tem por objetivo: a) assegurar, em parcerias com instituições públicas e/ou privadas, a participação das pessoas com deficiência, através do esporte e de atividade física nos programas da UEFS; b) favorecer o intercâmbio científico, técnico e pedagógico entre a UEFS e as diversas instituições que atendem as pessoas com deficiência; c) fomentar a pesquisa na área de educação física, educação especial e inclusão; d) estabelecer linhas de congruência entre a graduação em educação física e o programa de pós-graduação stricto-sensu em educação e saúde coletiva da UEFS; e) possibilitar o ensino supervisionado em intervenções próprias da educação física e saúde.

Apresenta as seguintes linhas de pesquisa: Educação Física Adaptada e Inclusão Escolar; Esporte Adaptado/Paralímpico e Inclusão Social; Formação de professores e atuação em ações/projetos de inclusão; e Inclusão, Acessibilidade e Novas Tecnologias.

 

Núcleo de Estudos e Pesquisa em Atividade Física e Saúde (NEPAFIS)

Coordenação: GIlmar Mercês de Jesus e Rogério Tosta de Almeida


Registrado em 2008

Endereço:dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/4986466268792245

Os aspectos da relação entre a Educação Física e a saúde e a prática de atividades físicas, exercícios físicos e seu impacto na saúde das pessoas, focos centrais das discussões e pesquisas desenvolvidas pelo NEPAFIS, são bastante atuais e têm lugar de destaque entre a comunidade cientifica internacional. Isto torna as atividades de pesquisa do NEPAFIS cientificamente relevantes, pois tratam da investigação/discussão sobre a saúde e sua relação com a Educação Física, abordando associação entre a prática de atividades físicas, exercícios físicos e a saúde e a Educação Física como meio de educação para a saúde, numa perspectiva de superação do paradigma exclusivo da aptidão física, além dos aspectos relacionados à prática regular de atividades físicas, exercícios físicos e sua repercussão na aptidão física e na saúde de diferentes segmentos populacionais.

Está estruturado em 03 linhas de pesquisa: 1) Aspectos bioquímicos, morfológicos, funcionais, psicológicos e nutricionais relacionados à prática de atividades físicas, exercícios físicos e o desempenho atlético/esportivo; 2) Atividade física, exercício físico e a saúde coletiva: promoção da saúde de grupos populacionais específicos (crianças, adolescentes, adultos e idosos); e 3) Consumo alimentar e atividade física de escolares de 7 a 10 anos de idade.

 

Núcleo de Pesquisa em Educação Física Escolar (NUPEFES)

Coordenação: Carla Borges de Andrade e Suzana Alves Nogueira Souza


Criado: 2017

O NUPEFES almeja ser espaço de reflexão e produção acadêmica que contribua como suporte teórico-metodológico a professores de Educação Física Escolar, configurando-se como pioneiro na Bahia. Nele, serão organizados, tratados e valorizados os conteúdos a serem ensinados nas aulas da Educação Básica, considerando a diversidade e a amplitude da Educação Física e da cultura baiana/brasileira. Assim, evidenciaremos as diferentes correntes e pressupostos teóricos que fundamentam a Educação Física, atribuindo-lhe o devido reconhecimento ante os demais componentes curriculares escolares, demonstrando a ampla e diversa área de conhecimento que é a Educação Física, cujos conteúdos vão muito além dos esportes.

O NUPEFES tem os seguintes objetivos: Traçar um perfil do ensino da Educação Física nas instituições públicas de Educação Básica do Estado da Bahia Identificar como se dá a seleção e organização dos conteúdos ensinados nas aulas de Educação Física Escolar em instituições públicas dos diferentes territórios de identidade da Bahia; Organizar uma proposta de sistematização dos conteúdos da Educação Física Escolar, a partir da elaboração de materiais didáticos em versão digital que possam ser consultados/utilizados por professores das escolas públicas baianas, considerando as características culturais e humanas do nosso Estado; Criar um ambiente digital para consulta, armazenamento, socialização e solicitação de recursos didáticos que subsidiem as especificidades educativas de cada contexto escolar, no âmbito da Educação Física.

O Núcleo apresenta três linhas de pesquisa a saber:

1)      Os territórios de identidade baianos e a Educação Física = Discute e analisa a organização política/cultural do Estado da Bahia e suas influências sobre o ensino da Educação Física na escola básica.

2)      Educação Física Escolar = Discute e analisa os pressupostos pedagógicos do ensino da Educação Física na educação básica, com ênfase na socialização das práticas relacionadas aos elementos que constituem o objeto de estudo da Educação Física.

3)      Educação e TICs (Tecnologias da Informação e da Comunicação = Discute e analisa a utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação no âmbito educacional no que se refere aos ambientes digitais/virtuais, a fim de consubstanciar a criação do site do Núcleo.

 

Núcleo Interdisciplinar de Estudos, pesquisa e extensão de Educação e Saúde (NIEPEXES)

Coordenação: Amanda Leite Novaes, Denize Pereira de Azevêdo e Suzi de Almeida Vasconcelos Barboni


Desenvolver estudos inter-transdisciplinares, pesquisas e ações extensionistas no âmbito da Saúde Pública, Saúde Coletiva e Saúde Mental, bem como, das estratégias de produção do cuidado, de modos de vida saudáveis e sustentáveis para a melhoria da qualidade de vida da população a partir de práticas corporais, atividades físicas, alimentação saudável, dentre outras ações, e de todo o processo de educação em saúde, levando-se em consideração os campos de investigação do processo Saúde/doença Mental, suas inter-relações com as dimensões de Educação, Trabalho, Corpo, Lazer, Espiritualidade e o processo de Educação em Saúde nas Redes de Atenção à Saúde, Atenção Psicossocial, bem como, suas intersecções com a Rede Pública de Educação.

 

Recomendar esta página via e-mail: